Tenho interesse em

mostrar menos

Entre em contato

(43) 3367-2000

Busca de Imóveis

Locação para Estudantes, dicas para INQUILINOS e PROPRIETÁRIOS.

11 de fevereiro de 2015

Veja algumas dicas de locação para os estudantes e também para os proprietários que pretendem disponibilizar seus imóveis para universitários no início do ano.

Inquilinos:

• Verifique bem a estrutura do imóvel antes de fechar o contrato. Abra torneiras, teste as descargas, acenda e apague as luzes e cheque possíveis vazamentos e infiltrações que poderão trazer problemas posteriores;

• Informe-se sobre o comportamento da vizinhança para avaliar o nível de tranquilidade que você terá quando precisar estudar em casa. Veja se existem bares, boates, feiras livres, obras, excesso de trânsito ou outros fatores que provoquem barulho (vale visitar o imóvel em diferentes horários). Pode parecer um detalhe, mas, principalmente para quem sai de cidades tranquilas para locais mais movimentados, o nível de ruído incomoda bastante quando se torna cotidiano;

• Procure saber como é a segurança no local, a facilidade no acesso a outras áreas de interesse, a rede de transporte, a infraestrutura de serviços como mercado, farmácia, lavanderia, hospitais, shoppings, etc.

• Avalie se o imóvel atende às suas necessidades também no que diz respeito ao preço e tamanho, pois, eventualmente, você pode precisar de espaço para receber visitas da família;

• Se o objetivo é montar uma república, opte por uma casa, onde é possível abrigar mais pessoas sem criar tantos problemas com os vizinhos. Em edifícios de apartamentos maiores, o perfil de morador é mais familiar, e certamente festas e reuniões de amigos causarão conflitos no condomínio. No entanto, mesmo vivendo em uma casa, é preciso respeitar os limites da boa convivência com os demais moradores do bairro;

• Se você mora com um grupo e pretende sair do imóvel sozinho, é preciso solicitar a alteração do contrato de locação se ele estiver em seu nome. Assim outro morador ficará responsável legalmente pelo aluguel. Mesmo sem estar mais ocupando o apartamento ou casa, quem responde judicialmente por qualquer problema é a pessoa que consta no contrato;

• A maioria dos proprietários não aceita como fiador proprietário de imóvel em outra cidade, pois em caso de inadimplência, fica mais trabalhoso protestar a dívida. Seguro fiança, depósito-caução e título de capitalização (utilizado em algumas regiões do país) são alternativas ao fiador como garantia.
 
Proprietários:

• Faça uma avaliação cadastral criteriosa antes de aprovar a ficha do inquilino. Se houver alguma incompatibilidade, questione ou não aprove a ficha;

• Realize uma vistoria detalhada, se possível com fotos, na assinatura do contrato, determinando que o imóvel deverá ser devolvido nas mesmas condições em que foi entregue. Se o imóvel for mobiliado, descreva todos os pertences, com quantidade e marcas. A lei permite ao proprietário cobrar por eventuais quebras ou danos, salvo a deterioração causada pelo tempo de uso;

• Entregue uma cópia da convenção e regulamento do condomínio para o inquilino juntamente com o contrato da locação. Dessa forma, ele não poderá alegar que não conhecia as regras do local em caso de infração. Para repúblicas, especifique no contrato a proibição da sublocação, evitando, assim, que o inquilino coloque um número grande de pessoas no local, o que irá causar um maior desgaste do imóvel;

• Se o inquilino não tiver fiador com imóvel na cidade, prefira o seguro-fiança ao depósito-caução, especialmente se o apartamento for grande, pois, nessa modalidade, você só tem cobertura de três meses de aluguel, e o prejuízo pode ir além, com dívidas de condomínio ou danos ao patrimônio;

• Se houver até três moradores no imóvel, faça o contrato no nome de todos eles, e providencie uma procuração para que eles possam responder por qualquer questão mesmo na ausência de alguém do grupo. Assim, caso um deles vier a desocupar o imóvel, não será preciso tentar localizar a pessoa para fazer uma cobrança na ocorrência de inadimplência;

• Além do pagamento do aluguel, é importante acompanhar o pagamento do IPTU, do condomínio e da conta de água, pois são encargos que recaem sobre o dono do imóvel caso o inquilino não cumpra sua obrigação;

• Mantenha contato com a administradora do edifício, assim como com porteiros, zeladores e síndicos para saber se o inquilino está causando problemas e desrespeitando as normas do condomínio.

Rua Fernando de Noronha, 1405.

Centro.

Londrina - PR

contato@elocorretores.com.br

Fonte: http://folhadoimovel.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=6:dicas-de-locacao-para-os-estudantes-e-tambem-para-os-proprietarios&catid=2:artigos&Itemid=4